Turma da Mônica, gays e o errado

revistadatina_01Algumas semanas atrás o Maurício de Souza apareceu com um personagem gay  na revista da Tina nª 6. A página apenas sugere uma relação  homossexual, mas eu acho que não tem como errar.

Achei uma atitude corajosa, principalmente porque as revistas são voltadas ao público jovem, mas também porque, afinal, ser homossexual é errado e não é coisa de Jesus Cristo, nosso Senhor. A advogada e hoteleira (quê??) Dr. Ellen Ritta Honorato não gostou nadica de nada dessa história de personagens gays nas revistas de crianças lindas e puras, porque, em suas palavras:

Entenda Sr. Mauricio não estou sendo discriminativa, tenho amigos gays. Somente penso que a infância deve ser poupada do que é errado, é na infância que aprendemos os conceitos do que é certo e do que é errado.

Em poucas palavras: “Não tenho nada contra gays, mas isso é errado”. Lamentável…….. É hilário, mas lamentável…. Você pode ler o protesto inteiro da advogada  nesse e-mail que enviou ao Maurício de Souza.

Segundo o autor da revista:

“A revista Tina é uma nova publicação dirigida a um público adulto jovem. Não tem nada a ver com a Turma da Mônica ou o público infantil ou infanto-juvenil (Turma da Mônica Jovem). E a história que está provocando celeuma deve ser lida e interpretada pelo leitor. Lida a história, feita a interpretação, daí sim, comentários e criticas poderiam ajudar para falarmos a língua de uma sociedade esclarecida. Lembrando que publicações dirigidas a faixas de idade diferenciadas podem e devem tratar qualquer assunto de maneira adequada ao seu leitor. Na TV, no cinema, nas revistas das bancas, há a separação por faixa de idade. Por que não haveria na nossa vasta galeria de publicações? Mas uma coisa vai se manter em TODAS as nossas produções: o respeito pelo ser humano. Pela pessoa. E a elegância no trato de qualquer tema.”

Dica dos meus amigos Bucha e Dondon.

As imagens são do Omelete.

12 comentários em “Turma da Mônica, gays e o errado”

  1. É nessas horas que sinto que não tem mais jeito, que o mundo vai ser tomado por essa massa avassaladora de preconceitos. Eu realmente tenho medo dessa gente. Ainda mais com os comentários que deixaram lá…

    Só destacando mais 2 trechos ridículos da “Dra”:

    Será que porque a turminha cresceu o Sr. Achou por bem conviver com os absurdos da modernidade?

    O que o Sr. Pretende é passar para as nossas crianças e adolescentes que ser Gay ou ser Bissexual e normal?

    E a culminação acusatória extremamente agressiva:

    E os que temem a Deus, seja ele qual for o seu, também são maioria. Portanto se o Sr. Não que ver desaparecer os seus personagens das bancas de revistas e dos lares do Brasil, mude a sua forma de pensar com relação a infância, pois DEUS existe e Lá de cima, seja qual for o nome de DEUS, ele esta vendo as ações de todos nos, inclusive as suas Sr. Mauricio.

    Alguns comentários enfadonhos:

    MAS ,NO CASO DO CAIO, PERSONAGEM DE MAURÍCIO DE SOUSA, ESTA PODERÁ ESTIMULAR A PRÁTICA DE HOMOSSEXUAL ENTRE AS CRIANÇAS. E PARA QUE TENTAR NORMALIZAR UMA SITUAÇÃO DE RISCO QUE PODERÁ LEVAR A AIDS? AO SOFRIMENTO? EU CONSIDERO ESSA IDÉIA UMA IRRESPONSABILIDADE DO MAURÍCIO SOUSA [VÂNIA NOVOA TADROS ]

    todo pai de bom senso concorda com a advogada sim. Pega teu bêco seu inrustido e vai logo te resolver no pátio da SEFAZ de noite e deixa teus filhos longe dessa tua viadage. [opiniao de pai mesmo!]

    Dra. Ellen Ritta Honorato, concordo plenamente com a senhora, tenho três filhos e um deles se chama Caio. Com certeza irei verificar uma forma de processar o maurício por utilizar nome próprio de forma vexatório.[Martim]

    Grifo meu… Felizmente tem respostas excelentes por lá, talvez o mundo não esteja tão perdido assim.

    Pelo menos tenho uma certeza, ela deixou de ter amigos gays (duvido que tinha) depois dessa exibição de ignorância. Só pra lembrar ela é diretora administrativa do Ariaú Jungle Towers… já sabem onde não ficar quando forem para Manaus.

  2. Também fiquei bem incomodado com o e-mail da mulher! O fato dela assinar como Dra. já era um mal sinal, mas o pior foi, como já bem citado pelo Nelas, as diversas formas de dizer que o homosexualismo é algo errado, quase sempre se baseando na religião ou diretamente na bíblia. Essa leitura cega da bíblia se repetiu em vários comentários como por exemplo:

    Parabéns pela citação tão oportuna num momento em que os formadores de opinião devem estabelecer uma postura firme contra aqueles que deturpam a vontade de Deus para o homem.
    Por princípio divino, criou Deus o homem e a mulher os criou e lhes deu uma ordem – crescei e multiplicai! O que disso passa, deve ser tratado como anomalia e não como natural, como está escrito no livro de Romanos capítulo 2…

    Sobre essa questão, vou apenas colocas algumas imagens que ilustram o que eu penso:

    Por último, um comentário legal, que mostra que algumas pessoas ainda tem bom senso e bom humor.

    Sua louca. Se eu criei os gays, por que você é contra as vontades do Senhor?
    Passe quinta na minha sala pra discutirmos isso e vá para o RH agora, está demitida do cargo de Obreira da Universal.

    Deus enviado em 25/11/2009, às 15:46

  3. Concordo com o Nelas. Essas coisas acabem com qualquer resto de esperança que eu tenha na humanidade. Vocês que são biológos, façam alguma coisa, estamos involuindo!!

    1. nós nao estamos involuindo… o que acontece é que alguns não estão evoluindo.

      Gostaria de ver o papa aparecer na TV um dia e dizer: “Jesus Cristo? rááá, pegadinha do malandro! glu-glu “

  4. Hahahaha…
    “ABOMINAVEL PARA DEUS, ELE QUEIMARA POR MIL ANOS NO FOGO DO INFERNO JUNTO A SANTANAS COM QUEM DEITARA.”

    É por isso que o inferno é uma festa eterna?

    “Agora, vamos supor que o personagem Caio goste de dançar balé ou ouvir Lady Gaga? Imagine a possivel associacao quer as criancas poderao fazer?”

    E as pessoas já até sabem o que toca por lá.

    PS: Vcs viram que o velho amigo do Blog, o Observador, comentou no site da rádio?

    1. Caramba, Pigozzo, é verdade, o Observador esté lé hahahaha.

      Olha, faço das minhas as palavras do Nelas e do Zué! Assinar o email como doutora, falar que é uma formadora de opinião e depois falar que não está sendo discriminativa, só quer deixar claro o que é certo e errado… triste e tenho vergonha da senhora, doutora!

  5. Deus é preconceituoso? pos basta vc conhecer um pouco da palavra de Deus pra sabe que Deus é yotalmente contra e o que preconceito é acha errado? pra mim preconceito é espanca, bate, deixa de fala com a pessoa isso é preconceito e n acha errado

    1. Apesar do seu comentário estar quase incompreensível, se você acha que o preconceito só é capaz de ferir o corpo, você tem uma visão muito limitada do que é espírito. Sou ateu, mas palavras ditas por padres e pastores já feriram profundamente minha alma (que provavelmente não é eterna, mas imortal enquanto durar).

  6. Quem conhece a Ellen sabe que ela não têm preconceitos mesmo e mais ainda, têm sim muitos amigos e amigas gays, sou testemunho disso. O que é relevante nesta história toda e como a comunicação seja qual for a forma ou estilo, pode influenciar tanto na infância como na adolescência principalmente, não só na forma de falar, como no comportamento e nas diferentes escolhas que eles terão que fazer por eles mesmo durante esse período conflitivo, inclusive a sexual. Acredito que não é o maior sonho de um pai ou uma mãe que que um dia seu filho ou sua filha venha ser gay. Se isso acontecer eles não deixam de ser seu filho(a) por isso e sabemos que é quando mais vão necessitar de apoio, porque não deve de ser uma escolha muito fácil de assumir, mas convenhamos gente, o sofrimento de todas as partes envolvidas deve de ser enorme. Porque então adiantar todo esse processo de sofrimento influenciando nossas crianças e adolescentes, só porque é matéria de atualidade e vende como água…???

Os comentários estão fechados.